Editora Coerência » Arquivos » Uma outra versão do apocalipse 

Uma outra versão do apocalipse

Livro ‘Apocalipse segundo Fausto’ explora críticas e filosofias que transitam entre religião, sociedade e política

 

Com os indícios de que o fim do mundo está próximo, Fausto, um ator reconhecido por interpretar Jesus é acusado de ser o Falso Profeta depois que pequenos chifres crescem em sua cabeça. A massa fervorosa, que anteriormente o venerava, começa a enxergá-lo como uma ameaça à sobrevivência e partem em busca de seu sacrifício para que sejam salvos das trombetas do apocalipse. Décimo livro do escritor e cineasta Marcos DeBrito, Apocalipse segundo Fausto (Coerência, 200 pp, R$ 55) tem capítulos escritos em versículos e apresenta passagens bíblicas reinterpretadas, além disso, segundo DeBrito, o terror presente no enredo também debate o comportamento humano durante crises e o papel do universo nesses momentos: “O livro fala um pouco da situação do país que vivemos hoje, quase uma distopia em que religião, política e opinião se tornaram uma coisa só”, explica.

Fonte: PublishNews

Assine nossa newsletter e receba nossas atualizações!