Editora Coerência » Arquivos » O garoto chamado Tony Louco 
  • Autor: Raphael Coutinho
  • Edição: 1
  • Ano: 2019
  • Gênero: Ficção
  • Páginas: 200
  • Idioma: Português
  • O garoto chamado Tony Louco

    Sinopse

    Este livro conta a história de Anthony, um garoto que teve uma infância cheia de riquezas, mas que, ao chegar à adolescência, precisa encarar o desafio de estudar numa escola pública do subúrbio da sua cidade. Lá, ele tem que abrir mão do orgulho e de todos os seus preconceitos a fim de se encaixar dentro de sua nova realidade enquanto tem a oportunidade de viver aventuras que jamais imaginou ao lado de verdadeiros amigos.
    É também na nova escola que Anthony se apaixona pela primeira vez e vê seu coração dividido entre duas garotas: Andréa, uma garota doce, sensível e romântica; e Carol, uma garota bela e popular. Essa dúvida o leva a fazer difíceis escolhas e a se transformar no destemido e ousado Tony Louco.
    Prepare-se para um livro que mostrará o valor das verdadeiras amizades e o fará refletir sobre as consequências das nossas escolhas e sobre o lugar no mundo que cada um de nós quer encontrar. Você irá se divertir, chorar, torcer por cada nova descoberta e se envolver nos dilemas vividos pelos personagens. Um verdadeiro manual da adolescência.

    Raphael Coutinho
    Raphael Coutinho Santos nasceu em 1992 na cidade de São Luís do Maranhão, lugar pelo qual sempre foi muito apaixonado. Servidor público, estudante de Direito e fundador do projeto social MAJ – Movimento de Ação Jovem. Foi professor do ensino fundamental durante quatro anos, o que lhe serviu de alicerce na construção de seus trabalhos literários voltados para o público adolescente. Cria histórias desde os oito anos de idade, a forma encontrada por ele para liberar toda a sua inquietude e criatividade. Aos quinze anos, criou o seu primeiro blog, O Manual da Adolescência, no qual esclarecia as dúvidas dos leitores sobre os mais diversos assuntos relacionados à temática infanto-juvenil. No universo literário, se vê como um sonhador, um “criador” de vidas e de mundos.